sábado, 26 de fevereiro de 2011

Arte na Concha

Antes...
O homem repousa relaxadamente sobre a concha e contempla as estrelas até pegar no sono.
Quando ele acorda percebe quanto tempo perdido em frente a televisão. Onde mesmo estava ele?
Noites onde a natureza em espetáculo perfeito, nos lembra que somos uma pequeníssima coisinha no universo. Quanta verdade a noite nos inspira!

Depois...

A música abaixo é uma releitura de uma canção feita por minha sobrinha Daniela de Quadros, a Dãdã.
video

2 comentários:

  1. Adorei a música .Tocou fundo.E quando eu voltar lá do fundo do mar, a todos vou contar as novidades do fundo do mar.....

    ResponderExcluir

Canção do Exílio

Minha terra tem palmeiras
onde canta o sabiá
as aves que aqui gorjeiam,
não gorjeiam como lá.

Nosso céu tem mais estrelas
nossas várzeas tem mais flores,
nossos bosques tem mais vida
nossa vida mais amores.

Em cismar, sozinho, a noite
mais prazer eu encontro lá
minha terra tem palmeiras
onde canta o sabiá.

Minha terra tem primores
que tais não encontro eu cá
em cismar sozinho a noite
mais prazer eu encontro lá
minha terra tem palmeiras
onde canta o sabiá

Não permita Deus que eu morra
sem que eu volte para lá
sem que desfrute os primores
que não encontro por cá
sem qu'inda aviste as palmeiras
onde canta o sabiá.

GONÇALVES DIAS